Palmeira em Recife – Domingão


Domingo é dia de descanso! As meninas foram a Olinda conhecer a cidade e encontraram por lá o Baque Mulher e as Conchitas. O resto do grupo se dividiu fazendo oficinas no Pina. À tarde, tivemos de dar adeus à Fabíola e à Marcelle, que precisavam trabalhar na segunda. À noite, houve a prévia da Noite dos Tambores Silenciosos no Recife Velho. Foi o primeiro contato que tivemos com a maioria das nações de que antes só ouvíamos falar.

Oficina na sede da Nação do Maracatu Porto Rico

As meninas antes da despedida, em Olinda

As Conchitas e o Baque Mulher pelas ruas de Olinda

Mestre “Seu” Toínho comanda o Encanto

Nação Elefante na raça

Alguns maus elementos se encontram (destaque para os agachados – da direita para a esquerda – Johnny “Mestre dos Magos” e Adeline, d’O Baque de Viçosa; e em pé, ali atrás, Kal do Agbê, que está em Viçosa – dando oficina pr’O Baque)

Mais maus elementos (Fernando, Maria Laura, Joana, Shacon, Daniel, Lili, Gisele, Melão)

A sempre difícil volta pra casa

Uma ideia sobre “Palmeira em Recife – Domingão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *